Publicada em 26 de janeiro de 2021 às 12h24

Alunos destaques em robótica no SESI são aprovados para ensino técnico do IFAM

Anos dedicados aos estudos da robótica educacional e matemática renderam a três alunos da Escola SESI Padre Francisco Luppino, em Parintins, vagas no ensino médio integrado nos cursos técnicos de Informática e Mecatrônica do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), em 2021. Os estudantes aprovados terão formação de base nacional comum do ensino médio em conjunto com a formação técnica profissional, concluindo os três anos do ensino médio com uma profissão.

O gosto pelo ensino da robótica educacional, que integra a grade curricular da Escola SESI Parintins, tem sido decisivo para o aluno Gabriel Monteiro, 14, que sonha cursar engenharia aeronáutica ao concluir o ensino médio. Participante da equipe de robótica da escola Lego Master, o aluno já chegou a ir para competições nacionais, como a do ano passado em São Paulo (SP), representando o Amazonas no Torneio First Lego League (FLL).

O pai de Gabriel, Carlos Monteiro, que é coordenador acadêmico da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) em Parintins, conta que o filho pesquisa muito o assunto – desde as faculdades que ofertam o curso no Brasil até a troca de ideias com profissionais que já atuam na área que pretende cursar -, por isso, escolheu o ensino médio técnico em Informática para agregar mais conhecimento.

“Em Parintins temos poucas opções de cursos para o ensino médio técnico. Ele conversou muito com os professores do SESI sobre a melhor escolha, pediu orientação e juntos acharam que a área de informática seria viável para se aprofundar mais em engenharia”, disse Monteiro, ao destacar a proximidade do filho com a equipe pedagógica, mesmo após a conclusão do ano letivo da escola (9º ano). “Ele mantém contato praticamente semanal com os professores e adora”.

O colega de equipe Fábio Simas Junior, 15, também está entre os aprovados da Escola SESI Parintins para o ensino médio técnico do IFAM no município e na capital. Aprovado em dois processos em áreas técnicas diferentes – Informática, no campus de Parintins e Mecatrônica, no campus Distrito Industrial em Manaus -, o aluno ainda analisa qual irá cursar, mas para o pai, que também se chama Fábio, a aprovação dupla já é motivo de orgulho e fruto de resultado dos estudos diários e incentivos do SESI.

“Quando entrou para estudar no SESI, ele se encantou com a robótica, só que ainda não tinha idade para fazer parte da equipe, além de um dos requisitos para ser membro, ser um aluno nota dez. Com esforço e dedicação, foi convidado a participar e agora tem a robótica como um dos pivôs para a escolha dos cursos”, relatou o pai, ao citar o orgulho da aprovação dupla como fruto da dedicação. “O Fábio é um aluno bastante dedicado ao longo da sua caminhada estudantil e tem conquistado muitos feitos que nos orgulham”.

 

Conquista da Matemática

Destaque nas olimpíadas nacionais de matemática ao longo dos anos na Escola SESI Parintins, o aluno Gabriel Xavier de Camargo, 14, é um dos aprovados para o ensino médio técnico em 2021. De acordo com a mãe Mônica Xavier, que é professora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Gabriel é muito estudioso e amante da área. Revela, inclusive, que o filho pensa em cursar Matemática devido a esse incentivo que teve das competições e dentro de sala de aula no SESI.

Para o curso técnico, Gabriel optou pela área de Informática, no campus de Parintins e ficou em 2º lugar em ampla concorrência no processo seletivo, tendo a segunda maior nota de corte entre os alunos inscritos para a área.

“Nós ficamos muito felizes quando vimos o resultado. O Gabriel sempre foi um excelente aluno, muito inteligente.  Nós havíamos visto a nota de corte do ano anterior e esperávamos que ele passasse, mas foi uma surpresa ver a colocação. Acredito que a preparação foi sempre se esforçar e estudar para tirar notas boas e o SESI, de alguma forma, fez parte disso, porque ele estuda desde o terceiro ano lá e gosta dos professores”, relatou ela.

Comente esta notícia