Publicada em 13 de fevereiro de 2020 às 4h29

SESI abre inscrições para aulas de balé

O Serviço Social da Indústria (SESI Amazonas) está com matrículas abertas para novas turmas de balé, destinadas a alunos a partir dos quatro anos de idade. Melhor condicionamento físico, concentração, equilíbrio, autoconhecimento e a coordenação motora, além de proporcionar a sociabilização. As aulas são desenvolvidas no SESI Clube do Trabalhador, na Alameda Cosme Ferreira, 7399, São José

As aulas de Balé Infantil são realizadas nas segundas e quartas-feiras, das 14h às 15h, para alunos de 6 e 7 anos de idade, e as práticas de Baby Class ocorrem das 15h às 16h para alunos de 4 e 5 anos. No Balé Juvenil e Adulto, das 17h30 às 18h30, podem participar alunos com idade a partir de 11 anos. Há também turma de Baby Class às terças e quintas-feiras, das 17h às 18h, e de Balé Infantil em dois horários. Das 14h30 às 15h30, para crianças de 6 e 7 anos, e das 18h às 19h, aos alunos de 8 a 10 anos.

A professora de balé do SESI, Rafaela Oliveira, explica que o SESI utiliza metodologias voltadas para o universo infantil, com muita ludicidade, brincadeiras, histórias e formas que envolvam as crianças, com o foco no ensino da técnica do balé clássico.

De acordo com a professora formada pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), os jovens e adolescentes recebem um ensino dedicado ao condicionamento físico e ao conhecimento da técnica do balé clássico, sendo utilizadas diversas fontes como o Método Vaganova e Royal.

“Nossas mostras e espetáculos são o grande diferencial, pois envolvem tanto os bailarinos quanto suas famílias e convidados, contagiando a todos, destaca a professora, que ressalta o ótimo ambiente para receber todos os alunos no SESI Clube do Trabalhador.

O SESI dispõe de valor acessível e diferenciado para as turmas de balé. Aluno industriário e/ou dependente de industriário paga mensalidade de R$ 50, e aluno não industriário paga R$ 90. As matrículas ocorrem o ano todo e podem ser feitas no SESI Clube do Trabalhador. Mais informações pelos números (92) 3216-1030.

Comente esta notícia
Pular para a barra de ferramentas