Publicada em 26 de agosto de 2019 às 5h50

SESI promove evento sobre novo desafio de robótica a estudantes de São Paulo

O desafio City Shaper (construindo cidades inteligentes e sustentáveis) estimula os alunos a buscar soluções inovadoras para problemas dos centros urbanos. O evento de divulgação da temporada 2019/2020 será nesta terça-feira (27), em São Paulo

O futuro das cidades começa nas salas de aula. Debater questões como mobilidade e acessibilidade vai virar rotina para estudantes de escolas públicas e particulares de todo o Brasil. É que ao longo do próximo ano, esses alunos serão desafiados a apresentar soluções inovadoras para problemas comuns nos centros urbanos. A iniciativa faz parte do desafio City Shaper (construindo cidades inteligentes e sustentáveis), tema da nova temporada do Torneio de Robótica FIRST LEGO League, organizado pelo Serviço Social da Indústria (SESI).

O desafio será apresentado a estudantes de São Paulo, nesta terça-feira (27), no WTC, na capital paulista, no primeiro evento de divulgação da nova temporada. O expert em cidades inteligentes, Renato de Castro, é o convidado especial. Na palestra, Renato vai dar dicas de como encarar os problemas urbanos e resolver de forma inteligente para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Ele vai relatar também as experiências bem sucedidas em outros países.

Para o gerente-executivo de Educação do SESI, Sérgio Gotti, os estudantes poderão pensar nas mudanças que podem ser feitas nas cidades. “A nossa proposta é incentivar os jovens a pensar em qual comunidade eles querem viver, provocar a pesquisa e a busca pela inovação. E tudo isso começa na sala de aula com a robótica educacional. Uma metodologia que traz resultados multidisciplinares, prepara os estudantes para as atividades em equipe e forma cidadãos antenados nos desafios do mundo profissional”, diz.

As inscrições para a competição começam no dia 1º de outubro, no site oficial do torneio. Podem participar  estudantes de 9 a 16 anos, de escolas públicas ou particulares. Grupos de amigos também podem montar seus times, são as chamadas “equipes de garagem”.

TEORIA NA PRÁTICA – Em cada torneio, os estudantes são avaliados em quatro categorias. Uma delas é o Desafio do Robô, quando os estudantes colocam os robôs de Lego para cumprir determinadas missões. Para isso, o robô pode capturar, transportar, ativar ou entregar objetos na mesa de competição.

Ao todo são 14 missões com o tema City Shaper. Na mesa de competição, os robôs vão atuar, por exemplo, com guindastes, elevador de obras, drone de inspeção e construções em aço. Tudo de forma lúdica, simulando situações reais. As equipes têm direito a três rounds, de 2 minutos e 30 segundos cada, para execução das tarefas.

Os robôs, projetados e construídos pelos próprios alunos, também são avaliados na categoria Design do Robô. Os times podem utilizar sensores de movimento, cor, controladores e motores. Os juízes levam tudo isso em consideração, além da estratégia e programação.

Outra avaliação importante é o Projeto de Inovação (anteriormente chamado de Projeto de Pesquisa). É quando os estudantes apresentam uma solução inovadora sobre o desafio da temporada. O projeto é apresentado para os outros competidores e o público visitante nos torneios de robótica, e será avaliado pelos juízes. Por fim, na categoria Core Values, os estudantes precisam mostrar que sabem trabalhar em equipe, com inclusão, diversão e inovação.

REFERÊNCIA MUNDIAL EM ROBÓTICA – Na temporada passada, com o tema Into Orbit (Em órbita), os brasileiros conquistaram 33 prêmios no Mundial de Robótica, em Houston (EUA), no torneio de Arkansas (EUA), no Aberto Internacional da Turquia, no Aberto de Robótica do Uruguai, Aberto de Robótica do Líbano, no Aberto de Robótica da Austrália (Ásia Pacífico) e no Aberto de Robótica de West Virgínia (Estados Unidos). Desde 2013, o Brasil já soma 66 prêmios internacionais.

Criado em 1998 pela FIRST – uma organização não governamental dos Estados Unidos – em parceria com o Grupo LEGO, o Torneio de Robótica FIRST LEGO League propõe que estudantes sejam apresentados ao mundo da ciência e da tecnologia de forma divertida, por meio da construção e programação de robôs feitos inteiramente com peças da tecnologia LEGO Mindstorm. No Brasil, desde 2013, o SESI é o operador oficial da competição (etapas regionais e nacional).

DIVULGAÇÃO DA NOVA TEMPORADA DE ROBÓTICA

Quando: 27 de agosto (terça-feira)
Horário: 14 horas
Onde: WTC – Av. das Nações Unidas, 12551, 3° pavimento – São Paulo (SP)

ATENDIMENTO À IMPRENSA
Superintendência de Jornalismo da CNI

(61) 3317-9842 / 8959
imprensa@cni.com.br

SITES
http://www.portaldaindustria.com.br/sesi/canais/torneio-de-robotica/
http://www.portaldaindustria.com.br/

REDES SOCIAIS
https://www.instagram.com/torneiosesiderobotica/
https://www.facebook.com/SESINacional/

IMAGENS
https://www.flickr.com/photos/cniweb/

Comente esta notícia
Pular para a barra de ferramentas