Publicada em 18 de novembro de 2021 às 1h10

Alunos do SENAI criam projeto antifurto residencial

Desafiados pelo tema Smart Home: Casa Inteligente e Segura, os alunos de Aprendizagem Industrial, do curso de Manutenção Predial da Escola SENAI Demóstenes Travessa, criaram um projeto para dar mais segurança às residências e reduzir os assaltos no momento da entrada de veículos na garagem. A ideia faz parte do desafio proposto pela empresa Cisco, na competição nacional Grand Prix (GP) – Saga SENAI de Projetos Inovadores -, e ficou em terceiro lugar em nível nacional, ao concorrer com 400 outros projetos desenvolvidos por mais de 1900 alunos de todo o Brasil.

Os estudantes da equipe Delta, auxiliados pelo orientador de projeto, professor Marto Gibran, tiveram 72 horas para pensar soluções inovadoras para desafios da indústria na área de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), propostos pelas empresas parcerias Siemens, Autodesk, Cisco e Google. De forma 100% remota, no site criado para a competição, os alunos desenvolveram e submeteram um modelo de negócio da ideia proposta, além de um protótipo e um vídeo explicativo sobre a solução.

“Como o tema era ‘Casa Inteligente e Segura’, a equipe mesclou a comunicação da Alexa, assistente virtual, junto com uma tela existente no mercado antifurto que, atrelada com lançadores de fumaça e integrada a segurança pública, garante a segurança na entrada dos casos na garagem com veículo”, disse Gibran, ao explicar como funcionaria na prática a ideia desenvolvida pelos alunos.

O projeto consiste no uso de uma tela protetora de alta resistência para evitar assalto a residências pela garagem. Dotada de sensor de movimentos, a tela protetora desce rapidamente após a entrada do veículo, evitando assim a invasão dos assaltantes na casa, durante o tempo de fechamento do portão.

De acordo com o orientador, caso haja resistência por parte do criminoso, no momento em que a tela sofrer vibração ou tentativa de penetração serão acionados jatos de fumaça na cor branca, que ficam nas extremidades da estrutura da tela, para dificultar a visibilidade do infrator como uma medida de emergência. Todo esse sistema de prevenção estará ligado ao Sistema Inteligente Alexa (assistente virtual), que logo acionará todos os alarmes e travas disponíveis na residência e chamará a polícia de forma automática.

“A ideia é tornar a casa inteligente ainda mais segura, sabendo que são muitos os casos de assaltos pela garagem, com a entrada do veículo. De acordo com dados da Polícia Militar, cerca de 90% dos assaltos a casas e prédios se dão pela garagem. Abrimos o portão, entramos e, sem que esperemos, somos abordados por ladrões”, ressaltou ele.

O projeto está entre os três melhores do Brasil na categoria sênior, voltada para alunos na escolaridade de graduação tecnológica, bacharelado ou licenciatura na competição Grand Prix SENAI de Inovação. “A tela antirroubo é feita sob encomenda, dependendo apenas das dimensões da entrada da garagem do cliente e como uma medida a mais de segurança”, conclui ele.

Comente esta notícia