Publicada em 1 de março de 2020 às 2h08

Agência SENAI de Iranduba inova no ensino com aplicação de tecnologias digitais

Cinquenta alunos do curso de Operador de Microcomputador da Agência SENAI Elias Jacob Benzecry, no município de Iranduba, participam de nova metodologia de ensino, a “Sala de Aula Invertida”, que consiste na aplicação das ferramentas online Google Classroom e Kahoot. A metodologia facilita os estudos em casa e prepara o aluno para as aulas diárias presencialmente. Com material disponibilizado online o aluno já chega às aulas sabendo o que vai estudar.

Com total de 160 horas presenciais, o curso Operador de Microcomputador se encerra em 10 de abril. De acordo com o coordenador da Agência SENAI de Iranduba, Ednilson Santiago, o uso da nova metodologia tem estimulado os alunos a se preparem melhor para os assuntos em sala de aula, tornando a etapa presencial uma troca de experiências e conhecimentos.

“A ideia com essa metodologia é aperfeiçoar o entendimento técnico dos alunos, utilizando a tecnologia digital nos cursos de qualificação profissional do SENAI/AM em preparação para indústria 4.0”, disse Santiago, que pretende ampliar a ideia para demais cursos ofertados pela Agência no interior.

Santiago explica que por meio do uso da ferramenta Google Classroom é possível ao aluno a conexão com o professor e os demais colegas da mesma turma, compartilhando materiais de estudo, fotos e qualquer tipo de arquivo. As tarefas passam a ser organizadas de forma online e o intuito é facilitar a relação entre os estudantes, professores e os assuntos ministrados no curso.

“A plataforma pode ser acessada por alunos também no celular. Percebemos que com essa adesão via smartphone, também conseguimos que mais alunos acessem o material de onde estiverem e cheguem à aula só para tirar dúvidas”, contou ele.

O aluno Carlos Ramos, 32, é um dos que aprova a nova ferramenta. Com o uso do smartphone em casa, Ramos explica que se sente mais à vontade para tirar dúvidas na plataforma online, além de se preparar melhor para as avaliações presenciais. O uso do Google Classroom, segundo Ramos, estimula o aluno a aplicar e manusear o que aprende em sala de aula.

“Tudo no curso é novo para mim, tenho mais conhecimento e facilidade em mexer no celular do que em um computador, mesmo tendo um notebook em casa que acaba sendo deixado de lado. Hoje eu percebo que com a metodologia da ferramenta online eu consigo aplicar os ensinamentos que aprendo em sala de aula em casa, como as funcionalidades do mouse, funções do teclado e sobre o sistema operacional”, relatou o aluno.

O uso da plataforma Kahoot, também utilizada na nova metodologia de ensino da Agência SENAI de Iranduba, permite ao professor e os próprios alunos criar questionários, pesquisas, quizzes e jogos com perguntas de múltipla escolha, respondidas de forma online pelos alunos, trabalhando o mesmo assunto de sala de aula de forma mais interativa.

“Com essa prática, reduzimos consideravelmente o uso de papel na escola. Antes os exercícios e todas as provas eram impressas, com essa nova metodologia o material utilizado em sala de aula e algumas provas já podem ser baixados e feitos de forma online”, ressaltou Santiago, ao acrescentar que o método é benéfico inclusive para o professor que tem alunos mais interessados e motivados no processo. “No ensino regular, o aluno acaba ficando muito disperso e se desinteressando pelo assunto. Com essa metodologia de aula invertida, eles se sentem mais protagonistas do processo e isso é muito bom”, relatou Santiago.

Comente esta notícia