Publicada em 29 de janeiro de 2020 às 9h17

SENAI é destaque internacional com PSAI

O Programa SENAI de Ações Inclusivas (PSAI) acaba de ser anunciado como vencedor do prêmio internacional de gestão humana “Oscar Alvear Urrutia”, concedido pela Federação Interamericana de Associações de Gestão Humana (FIDAGH), intermediado pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH). A data da premiação ainda não foi definida mas deve acontecer em fevereiro ou março deste ano.

Com o PSAI, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas) já promoveu, desde o início do programa, em 2001, a inclusão de cerca de 3 mil pessoas em vertentes de gênero, etnia ou raça, idosos e pessoas com deficiência, facilitando o acesso aos cursos de educação profissional.

O objetivo do prêmio, que será entregue pela FIDAGH é reconhecer pessoas, empresas ou organizações que tenham contribuído com a propriedade e criatividade para o progresso da gestão de talentos humanos nas Américas.

De acordo com a responsável pelo programa no SENAI, Tatyanne Santos, as pessoas atendidas pelo PSAI normalmente estão em situação de vulnerabilidade pessoal e social, por isso estão fora do mercado de trabalho. Essa é a segunda vez que o programa recebe reconhecimento. Em 2018, foi destaque em nível nacional, pela ABRH.

Já com o Programa Samaúma de educação profissional itinerante, o SENAI foi mais uma vez premiado. Em 2019, o projeto “Barco Escola Samaúma- Transformando vidas pelos rios da Amazônia”, sobre as experiências de educação profissional realizadas em 157 municípios para a população ribeirinha do estado do Amazonas e em outros estados da região Norte, foi agraciado com o 1º lugar (ouro) do prêmio nacional “Ser Humano da ABRH/ AM”, na categoria Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Empresas e Gestão Pública. O SENAI recebeu ouro na etapa nacional e regional da ABRH/AM.

Comente esta notícia
Pular para a barra de ferramentas