Publicada em 27 de agosto de 2019 às 5h51

FIEAM reivindica instalação de PAC no Centro Cultural Povos da Amazônia

A Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM) e o Governo do Estado do Amazonas estão discutindo a instalação, até o final do 1º semestre de 2020, do Pronto Atendimento ao Cidadão Industrial (PAC Industrial) no Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA). O objetivo da iniciativa é atender às necessidades burocráticas das indústrias localizadas no Polo Industrial de Manaus (PIM) e a demandas da população dos bairros adjacentes.

A novidade foi anunciada hoje (27), durante visita de reconhecimento das instalações do CCPA pelo vice-presidente da FIEAM, Nelson Azevedo, acompanhado pelo também vice-presidente da instituição, Agostinho Freitas – que também é também propositor do projeto-, dos diretores adjuntos da FIEAM, Genoir Pierosan e Matheus San Martin, e do coordenador da Coordenadoria de Assuntos Legislativos e Tributários (COAL), Moisés Ferreira da Silva.

Para Azevedo, a instalação do PAC Industrial é necessária para facilitar a vida dos empresários que precisam se deslocar para diversos órgãos em busca de liberação de documentos, pagamentos bancários e muitas outras burocracias. É uma questão que está sempre em discussão na FIEAM, disse o vice-presidente.

“Aqui no CCPA vimos a facilidade em resolver diversos problemas em apenas um lugar, com mais mobilidade. Aqui tem uma estrutura fantástica, com estacionamento amplo e espaços que suportam instalações. Nós vamos fazer essa parceria com o Governo do Estado para a gente trazer para cá todos os órgãos envolvidos, tanto no âmbito municipal, como estadual e federal”, disse Azevedo.

Representando o Governo do Estado do Amazonas, na visita ao CCPA estava o secretário de Estado da Cultura, Marcos Apolo, e também o secretário executivo de Políticas Governamentais, Rodrigo Cavalcante. De acordo com o secretário Apolo, a visita dos representantes da indústria é muito importante para a realização do projeto. “Esse diálogo inicial é primordial para que todos consigam avançar com as tratativas dessa proposta de colocar dentro do CCPA um PAC, que certamente irá beneficiar a população, já que se encontra em um ponto estratégico da cidade. A proposta do governo é atender às demandas necessárias da indústria e da população, mas também fazer com que os cidadãos interajam com o local para que conheçam as diversas ações culturais existentes”, disse Apolo.

Comente esta notícia
Pular para a barra de ferramentas